NTT DATA cria campanha publicitária para a ANP | WWF | NTT DATA

NTT DATA cria campanha publicitária para a ANP | WWF

De acordo com a nova campanha da ANP|WWF, ONG ambiental que trabalha em associação com a WWF (World Wide Fund for Nature), se continuarmos a negligenciar o lobo ibérico, cavalo-marinho e o lince ibérico, estes animais ameaçados vão tornar-se propriedade exclusiva do metaverso, ou seja, serão empurrados para o mundo virtual e passam a existir como NFTs (non-fungible tokens).

A nova campanha foi desenvolvida pela NTT DATA Portugal e recorre ao conceito de NFTs para sublinhar a triste realidade de que estes animais poderão tornar-se imateriais. Recorre a uma linguagem jovem e provocadora para consciencializar o público para a necessidade de proteger a diversidade da fauna do planeta.

De acordo com Ângela Morgado, Directora Executiva da ANP|WWF, ‘nos últimos 40 anos, o mundo perdeu 63% das populações de animais e plantas existentes no planeta. É urgente inverter esta tendência se queremos preservar a fauna que ainda existe e garantir o nosso futuro, já que dependemos inteiramente do mundo natural para sobreviver. Estas campanhas de sensibilização são fundamentais para que a consciência coletiva mobilize os Estados e as organizações no sentido de evitar que os animais em extinção desapareçam de facto. Fomos surpreendidos pelo conceito arrojado desta campanha, mas acreditamos que representa na perfeição o problema que temos em mãos. Ou protegemos estas espécies, ou elas viram NFTs.’

‘Para quê pensar em figuras de um mundo imaterial, se há ainda animais extraordinários a lutarem para continuar a ser matéria? Foi com esta questão retórica que a equipa da NTT DATA Portugal se mobilizou para desenvolver esta campanha inovadora, em regime pro-bono. Uma prática que seguimos em iniciativas alinhadas com os objetivos de desenvolvimento sustentável que consideramos prioritários enquanto companhia. Estamos muito satisfeitos por podermos dar o nosso contributo de criatividade e de inovação a esta luta pela proteção das espécies e da riqueza natural do nosso planeta’, acrescenta Andreia Bandarra Henriques, manager na área de Digital Strategy & Technology da NTT DATA Portugal.

A campanha estará nas ruas (Mupis) e meios digitais em abril e conta com a ajuda de todos para não deixarem que estes animais se mudem para um plano ethereum.